Asma ou Bronquite: saiba as diferenças

01/10/2020 / por Fundação ProAr

Entenda como distinguir as duas doenças, que muitas vezes são diagnosticadas como um só problema respiratório

Asma e bronquite costumam permear o imaginário das doenças respiratórias como se fossem sinônimos. Os sintomas são até parecidos, mas é importante identificar as diferenças e saber como agir durante as crises. Afinal, bronquite é uma inflamação dos brônquios, enquanto a asma surge com um quadro de bronquite. 


A confusão costuma aparecer já na infância, quando o famoso ‘chiado’ no peito de crianças é apressadamente apontado como “bronquite”. Isso dificulta o diagnóstico de asma e de outras doenças. Para piorar o quadro de desinformação, muitos pacientes têm o hábito de chamar a asma de “bronquite asmática” ou “bronquite alérgica”.


Causada pela inflamação nas vias aéreas inferiores, a asma é uma doença crônica e não tem cura. Quando essa região - que inclui os bronquíolos e alvéolos - está inflamada, geralmente resulta na falta de ar, chiado, tosse, dor torácica e aperto no peito. 


A bronquite, por sua vez, é a inflamação específica dos brônquios, que são os órgãos que transportam o ar que respiramos e fazem a conexão entre traqueia e alvéolos.


Confusão crônica


A associação equivocada entre asma e bronquite crônica - condição mais grave que a bronquite aguda - também é apontada como mais uma dificuldade no combate à confusão sintomática envolvendo as duas doenças. A principal diferença entre a bronquite crônica e a asma é que na primeira não há reversão completa da obstrução e geralmente é causada pelo tabagismo, enquanto na segunda o bloqueio das vias aéreas surge durante as crises e pode ser contornado. A bronquite crônica é uma das doenças incluídas no diagnóstico de DPOC.



Tabagismo e frio são vilões? 


A Dra. Angela Honda, médica pneumologista e Líder de Programas Educacionais da Fundação ProAR, e a Dra. Juliana Franceschini Pereira, fisioterapeuta e Líder de Projetos, esclarecem que o tabagismo é o principal causador de bronquite crônica. "O cigarro gera bronquite em função da inflamação causada pelas 4200 substâncias existentes no cigarro e pela alta temperatura da fumaça".


Já as baixas temperaturas podem ser vilãs das crises de asma, especialmente entre as crianças: "Já é sabido que o tempo frio é um desencadeador de crises na asma, pois o contato do ar frio com o pulmão pode causar aumento da inflamação", explicam as especialistas.


  • Asma
  • Bronquiectasia/ Fibrose Cística
  • Câncer de pulmão
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)
  • Tuberculose
  • fechar [x]

    eucalipto

    texto texto texto