Desvendando o Asma

08/06/2021 / por Fundação ProAr

A Fundação ProAR, em parceria com a AstraZeneca, dedicou o mês de maio à desmistificação da asma e, em sua campanha inaugural, compartilha conteúdo exclusivo sobre a doença

A Fundação ProAR, em parceria com a AstraZeneca, dedicou o mês de maio à desmistificação da asma e, em sua campanha inaugural, compartilha conteúdo exclusivo sobre a doença

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que a asma é de grande importância para a saúde pública, tanto por sua incidência como pela mortalidade. Para aumentar a conscientização sobre a doença respiratória, a GINA Internacional estabeleceu o dia 5 de maio como o Dia Mundial da Asma.

Apesar de todos os avanços no tratamento, a sua incidência ainda é alta e já atinge cerca de 20 milhões de brasileiros. Embora a asma não tenha cura, já é plenamente possível controlar a doença para reduzir e prevenir as crises, também chamadas de episódios ou exacerbações.

Em 2021, o Dia Mundial da Asma foi encabeçado com o tema ‘Descobrindo conceitos errôneos sobre a asma’. A abordagem emite um alerta

sobre os mitos e falsos conceitos amplamente difundidos a respeito da doença. Essa diversidade de fake news impede que pacientes desfrutem

dos grandes avanços e dos benefícios do tratamento. Com o intuito de difundir os conceitos corretos, a Fundação ProAR, em parceria com a Astra Zeneca, decidiu dedicar todos os meses de maio à doença.

Mitos (erros) sobre a asma:

• A asma é uma doença infantil e desaparece com a idade.

• A asma é infecciosa.

• Quem tem asma não deve se exercitar.

• A asma só é controlável com corticosteroides em altas doses.

Informação correta:

• A asma pode ocorrer em qualquer idade (em crianças, adolescentes, adultos e idosos).

• A asma não é infecciosa. No entanto, infecções respiratórias virais (como resfriado comum e gripe) podem causar ataques de asma.

• Em crianças, a asma está frequentemente associada a alergia. A asma que começa na idade adulta é menos frequentemente alérgica.

• Quando a asma está bem controlada, os pacientes são capazes de se exercitar e até praticar esportes de alto rendimento.

• A asma é mais frequentemente controlável com corticosteroides inalados em baixas doses.

Pensando em facilitar o acesso às atualizações no tratamento da asma, a Fundação ProAR lançou um documento com informações sobre o manejo da doença. O guia está disponível para download no site da Fundação. A cartilha foi construída com base nas atualizações de GINA Internacional, e detalha o tratamento sugerido de acordo com a gravidade da doença.

Além disso, também disponibilizamos no nosso site um informativo de GINA sobre Covid-19 e asma, que foi atualizado no final de abril deste ano. O material, que está traduzido e organizado em tópicos, pode ser acessado aqui.


parceria:

 

BR-12965 Material destinado a profissionais de saúde. Mai/21.


  • Asma
  • Bronquiectasia/ Fibrose Cística
  • Câncer de pulmão
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)
  • Tuberculose
  • fechar [x]

    eucalipto

    texto texto texto